© 2019 por Legião Identitária
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon

Heavy Metal: O Culto ao Heroico

June 18, 2017

Em uma cena onde o lema é "Sexo, Drogas e Rock 'n' Roll", que faz parecer que este fruto da modernidade irá caminhar para o abismo como todos os outros, surge um fenômeno interessante. O Heavy Metal permanece como um bastião em contraponto aos demais estilos musicais mainstream que são completamente degenerados. É possível encontrar no Metal diversos ensinamentos que evocam valores dignos da sociedade ocidental. Heavy Metal é Richard Wagner traduzido em um estilo mais simplificado. 

 

"Quando os fundamentos de nossa existência,
Começam a esfacelar-se um a um
E legislações a protegerem seus violadores
E aqueles que mais pagarem vencem

 

Nem mesmo os deuses das incontáveis religiões
Detêm poder suficiente contra esta maré
De degeneração pois, agora, sabemos
Que não há tronos suspensos no céu

 

Fuja desta chama,
Ela queimar-lhe-á a alma
As flâmulas aumentam rapidamente,
Vindas de longe, não há como escapar.


Ó, criaturas pequeninas,
Este é o crepúsculo dos deuses!"

- Twilight Of The Gods, Bathory

 

 

O Heavy Metal inteiro esta imbuído em valores e estética conservadora, tradicional e heroica que está ligada ao pensamento Ocidental. Ainda que os artistas de algumas bandas possuam posições políticas inclinadas à Esquerda, o Metal é inevitavelmente de Direita. O Metal enfatiza temas de conquista, auto-superação, força e conflito. Assim, sendo o valor primário da Esquerda a Igualdade, o valor primário da Direita é a Hierarquia.  Os temas que inspiram o Metal são cantos sobre o passado glorioso europeu. As músicas tratam de reis, de jornadas, aventuras, batalhas épicas, conquistas, heróis, sacrifício e honra, tudo isso inspirado no Ciclo Arturiano, nas Sagas Nórdicas, na Mitologia, na história clássica e medieval e também no Cristianismo. Enquanto os esquerdistas possuem o canto utópico Imagine de John Lennon, onde tudo é horizontal, sem paraíso, sem nações, sem história, resumidamente, um vazio onde não exista nada de valor que mereça ser defendido, o Metal fornece músicas sobre batalhas lutadas em nome de valores que ainda vale a pena "matar ou morrer". 

 

"Para defender, para louvar, pela guerra santa
Mãe Maria
Para o fim nós ficaremos, estamos lutando pelo
Reino de Deus!
Em nome de Deus, nós vamos pro céu

 

Irmão de pecado, acredite na espada
Para noites de sangue e trovão
Ataque pela glória e recompensa
Viemos para matar e saquear

 

Cantam lobos, em nome de Deus!
Cordeiro de Cristo, em nome de Deus!
Santos lobos, em nome de Deus!"

- In the Name of God, Powerwolf

 

A própria estética da composição do Heavy Metal não permite que exista espaço para a criação de algo fútil que evoque o igualitarismo da modernidade. Metal exige esforço e superação. As melodias são criadas a partir de estudos e verdadeiro talento artístico. Isso por si só já demonstra que é necessário sair do comum e ir em procura de algo que tenha destaque. É um meio que exige a Verticalidade, o avanço, um caminho de superação, e não a Horizontalidade, onde tudo possui o mesmo valor. Há complexidade no Metal, tanto na melodia, quanto na letra. O Metal é lírico, é poesia, é arte. Se na música clássica possuímos a O Anel do Nibelungo de Richard Wagner, no metal temos a A Saga da Espada Esmeralda de Rhapsody of Fire. 

 

"Por Ancelot
A antiga cruz de guerra
Pela sagrada cidade dos deuses
Glória, glória perpétua
Nesse alvorecer de vitória"

- Dawn Of Victory, Rhapsody of Fire 

 

 

O Metal pode ser comparado com antigos estilos musicais europeus. Se na Grécia Antiga havia o Rapsodista, o Bardo entre os celtas, o Escaldo entre os germânicos, os Trovadores portugueses, hoje temos o Metal. A essência é a mesma: cantos poéticos épicos com temas populares da história europeia. O Metal até mesmo incorpora influências das músicas tradicionais europeias, com instrumentos típicos como flautas, gaita de fole, acordeão, nyckelharpa, viola de roda, violinos etc. É por conta de toda essa influência heroica e tradicional que é quase impossível criar Metal sem que existam valores que remetam ao Ocidente. Para se ver completamente desligado disso, é preciso atingir um outro extremo, como o Glam Metal, em que os membros praticamente se travestiam, utilizavam cabelos e maquiagens, adotando postura completamente afeminada, para então conseguir criar uma música que envolvesse os temas relacionados a promiscuidade e degeneração. De outra forma, fraqueza não combina com Metal. 

 

"Balas de canhão estão caindo do céu
Janízaros vocês estão prontos para morrer
Viemos buscar a nossa vingança olho por olho

 

Vocês serão parado à passos de nosso portão
Neste campo vocês só estão encarando nosso ódio
Mas em sua terra, o sultão está selando seu destino

 

Nós lembramos
Em setembro
A noite que Viena foi libertada
Fizemos os inimigos sangrarem

 

E os Hussardos Alados chegam!
(Nuvens tempestuosas de fogo e aço
Morte vindo de cima faz o inimigo se curvar)
Descendo a montanha
(Lutando com poder e graça
Morte vindo de cima, é um exército de asas)"

Winged Hussars, Sabaton

 

Por fim, hoje o Metal possui papel fundamental no Renascimento da cultura europeia. É nele que a essência da música e dos valores do Ocidente sobrevive em um formato popular. A audiência do Heavy Metal é principalmente formada por brancos, porque esse é o estilo musical que possui maior proximidade aos valores europeus. Enquanto o Pop possui uma cultura totalmente cosmopolita, internacional, materialista, mercantil e moderna, o Metal é fundamentado no bairrismo, com bandas surgindo em pequenas cidades, alcançando fãs pouco a pouco, com sentimento comunitário e identificação comum. É um estilo que promove a Fraternidade. Dificilmente haverá alguma banda que cantará por paz, rendição, humildade, tolerância e empatia. A própria estética do Metal não permite. É Sangue, Glória, Honra e Vitória, o culto ao Heroico. Metal é aristocracia e nada além disso. 

 

"Com espadas em suas mãos eles matam todos

Aqueles que ousam invadir sua terra sagrada

Canções de vitória estão se erguendo na noite

Contando a todos suas forças e poder imortal

 

Flechas estão chovendo do céu

Enquanto irmãos lutam lado a lado

Nós estávamos em menor número

Mas nosso destino é vencer

 

Lute, lute com a raiva de um urso

Defenda nossa terra natal

Esmague todos os inimigo

E foque na nossa vitória"

- Victory Song, Ensiferum

 

 

Please reload

Arquivo
Please reload

Temas
Autores
Please reload