• Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
© 2017 por Legião Identitária

Somos tolerantes

December 12, 2016

"A tolerância moderna é uma tirania; é uma tirana porque é um silêncio" - G. K. Chesterton

 

Não no sentido vazio e fútil que existe atualmente, onde deve-se aceitar e respeitar tudo o que é diferente de você simplesmente por ser diferente. A tolerância perdeu seu significado original, pois ela já não designa a aceitação do "outro", do que é diferente, porém sim uma submissão amável à opinião diversa. Reside na ignorância e no desconhecimento. Assim, resulta-se em uma situação em que não é necessário entender o outro para aceitá-lo, assim como não é preciso discutir para dar razão. Como descrito por Andrei Pleșu: 

 

"A tolerância recíproca termina numa mudez universal, sorridente, pacífica, uma mudez porque o diálogo é uma interferência radiofônica indesejável. Nessas condições, a tolerância tem efeitos mais do que discutíveis: ela amputa o apetite de conhecimento, de compreensão real da alteridade, e dinamita a necessidade de debater. Para que negociarmos mais, se o resultado é, de qualquer modo, o consentimento mútuo ao direito do outro? Num mundo governado por tais regras, Sócrates ficaria desempregado. Não se encontra nenhuma verdade, não se faz nenhum raciocínio".

 

Nossa tolerância reside no respeito mútuo. O globalismo é a maior personificação da intolerância, pois ataca e rejeita aquilo que procura resistir aos seus tentáculos. Censura e silencia através de uma roupagem politicamente correta, porém tiradas as máscaras, a verdadeira face monstruosa é revelada. Acreditamos na tolerância e respeito entre os diversos povos e identidades, para que se mantenham diversos, cada qual em seu solo sagrado vivendo a partir de suas tradições sacras.

 

Acreditamos, portanto, em uma tolerância cética. Não enxergamos como um valor máximo, porém sim um valor situacional. Em uma situação de equilíbrio, agir com intolerância é injusto.  Tolerância, assim como respeito, é conquistado através dos atos. Não deve ser visto como um direito entregue gratuitamente. 

 

"Precisamos lembrar que a tolerância não é uma virtude cristã, e nunca é um fim em si mesma. De fato, tolerar o mal sombrio dentro de uma sociedade é em si uma forma de mal". - Arcebispo Charles J. Chaput

Por fim, não devemos chamar aqueles que toleram tudo de tolerantes, pois estes são apenas submissos. Tolerância aos verdadeiramente tolerantes. Aos intolerantes: intolerância.

 

Leia mais:

O Conceito e a Prática da Tolerância https://www.espacoacademico.com.br/026/26ray.htm

Please reload

Arquivo
Please reload

Temas
Autores
Please reload