© 2019 por Legião Identitária
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon

Natal: Beleza na Vida

Estamos nos aproximando do Natal (outro nome para o solstício de inverno). Associado com a árvore do pinheiro, o Natal sempre foi comemorado em países europeus desde tempos imemoriais como a grande festa antecipando o ressurgimento da natureza e da vida após o repouso do inverno. Não se pode deixar de pensar que a Europa, também, um dia emergirá da sua atual Dormição, mesmo que seja mais longa do que o ciclo da natureza.
 

O Natal é para crianças. É também uma celebração onde a beleza tem seu lugar. Não é uma ocasião para refletirmos sobre este conceito vital, um dos três componentes da "tríade homérica": "A natureza como fundamento, a excelência como meta, a beleza do horizonte"?

Ao invés de uma dissertação sobre a beleza, quero oferecer aos que me leem alguns conselhos práticos, sem, no entanto, negligenciar uma reflexão meditativa: a estética baseia a ética (o bem é definido pelo que é belo) e a ética alicerça a estética (o bem é inseparável do belo).

 

Cultive a beleza (sentido estético) para você e seus entes queridos. A beleza não é uma questão de dinheiro e consumo. Reside em todas as coisas, principalmente nos pequenos detalhes da vida.
 

A beleza é dada livremente por natureza: a poesia de nuvens em um céu brilhante, o tamborilar de chuva em uma tenda, noites estreladas, pôr do sol no verão, os primeiros flocos de neve, as cores da floresta no inverno, as primeiras flores no jardim, o assovio da coruja na noite, o cheiro da fogueira de uma chalé no interior...

 

Se a beleza da natureza é dada a nós, a beleza que criamos em nossas vidas requer esforço e atenção.
 

Lembre-se que não há beleza (ou alegria) sem harmonia de cores, materiais, formas e estilos. Isso é verdade para a casa, roupas e pequenos acessórios da vida. Evite materiais sintéticos e plásticos em favor dos naturais.
 

Não há beleza sem cortesia em relações com aqueles próximos e distantes.

 

Notei que a estética é a base da ética. De fato, não há beleza sem equilíbrio moral e físico. Por exemplo, mantenha suas dores e problemas, aqueles do coração, corpo e trabalho para si mesmo para os meses difíceis. Você vai ganhar estima por sua discrição e uma reputação de boa companhia. Você também ganhará estima por si mesmo.
 

Feliz Natal a todos!
 

Original: http://www.dominiquevenner.fr/2012/12/noel-la-beaute-dans-la-vie/

 

Please reload

Arquivo
Please reload

Temas
Autores
Please reload