Contra o Derrotismo


"O papa é um covarde, então eu acho que vou me tornar ortodoxo."

"Eu não gosto da política do meu país, é melhor apenas emigrar do que fazer alguma coisa."

"Meu país está cheio de esquerdistas. Não há salvação, é melhor lamentar a queda da Alemanha ou colocar minha fé na Rússia em vez de fazer algo."

Essas são algumas das atitudes que encontrei em vários grupos, páginas, artigos e não pude deixar de pensar que uma forma corruptora de mentalidade derrotista e negativa afeta muitos círculos e indivíduos de direita. Esse derrotismo é a base de muitos dos problemas que uma pessoa de direita tem que lidar. É o enfraquecimento da vontade e da resolução, e está encobrindo a perspectiva das coisas.

Quando as coisas não vão da maneira que se esperava, quando há um período de conflito, é mais provável que se deseje pular do navio do que lutar para encontrar uma solução através de tudo isso. E assim, pergunto-me, como teria sido a história ocidental se nossos grandes antepassados ​​estivessem atormentados com esse derrotismo em seus momentos de grande cataclismo, em suas incontáveis ​​guerras, pragas e fome? Como seriam moldados o nosso país ou a história se eles apenas decidissem soltar suas armas, mudar de lado, emigrar, ou se converter para a religião do atacante no momento em que um período de dificuldade surgiu?

Eu pessoalmente considero que saltar do navio nunca é uma solução. Em vez disso, seria melhor dedicar sua força a corrigir o problema, mesmo começando pequeno e só podendo fazê-lo dentro de sua própria comunidade. O papa é um hipócrita liberal? Veja que o lixo cancerígeno dele não afeta a sua comunidade e a sua igreja local, veja que seu padre ou bispo local é fiel aos seus ensinamentos católicos originais e talvez, ajude-o em suas obras de caridade na igreja se você tiver tempo e coração para isso. Seu país é destruído por esquerdistas e imigrantes ilegais? Proteja sua comunidade e sua família. Abandone as amizades superficiais com aqueles que não compartilham suas opiniões e, portanto, nunca se aproximarão plenamente de você ou estarão lá por você, e desenvolva laços fortes com aqueles que fazem. Acabe formando um pequeno grupo de pessoas com a mesma mentalidade, uma comunidade em que vocês podem confiar em momentos de necessidade.

Mas nunca salte do navio. Fazer isso seria como admitir a derrota e desarmar-se diante da ameaça que você enfrenta. Basta refletir por um momento: se todos os outros com o poder de dizer alguma coisa, mudar algo, lutar, se eles fizessem o mesmo e desistissem, quem irá permanecer de pé para proteger o que é tão precioso; para se colocar contra o câncer liberal que assola e ataca doutrinas virtuosas; para combater o esquerdismo, o errado, a decadência? Isso se aplica ao seu país, à sua igreja, à sua comunidade, a tudo. Você nasceu em um belo país e tem uma bela fé. O que quer que aconteça, é sua honra e dever honrá-los, não abandoná-los nos momentos de dificuldade e o mesmo se aplica a todos os princípios que acreditas. Original


0 visualização
© 2019 por Legião Identitária
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon