BLOG

Mos maiorum - Costume dos Ancestrais

Códigos de comportamento não escritos; respeito às normas; conduta correta, são tão antigos quanto as colinas, pelo menos tão antigos quanto as Sete Colinas de Roma. O mos maiorum, geralmente traduzido como "costume ancestral", era as leis não escritas (Ius Non Scriptum) da Roma Antiga. Incluía princípios consagrados, modelos comportamentais e práticas sociais que afetavam todos os aspectos da vida na Roma Antiga - privada, política e militar. Não precisava de explicação, exceto para os bárbaros. Certamente que a lei escrita era a base da prática legal e da jurisprudência romana, mas mos maiorum era para onde todos recaíam em casos de dúvida ou ruptura, ou se um orador quisesse invocar a prá

As virtudes do Guerreiro

Dizem alguns que a diferença entre o herói e o assassino, ou entre um guerreiro e um bruto, é a posição que este ganhou por vontade da História – ser vencedor ou não. Neste sentidos, ambos são iguais em princípio e, consequentemente, os apoiadores desta visão tendem a repugnar os guerreiros que se sacrificaram para que eles pudessem falar isso. Mas afirmamos: o guerreiro está nas castas mais altas em virtude humana junto com outros bons homens que compõem a aristocracia. O guerreiro, ao contrário do bruto, reconhece em seu povo uma realidade maior do que a ele mesmo, enquanto o bruto somente luta por lutar, vazio de sentido. O que separa o herói de um assassino é este fio fino, o reconheci

O caminho para o futuro

Em geral, quem constrói o futuro está muito ocupado para julgar o passado. Desde pequenos, quando recebemos notas na escola, nos acostumamos com avaliações e julgamentos. Ao julgarmos o passado de uma época ou de uma pessoa, sentimos a falsa segurança de ter fechado uma porta. Ao mesmo tempo, todo julgamento esconde o orgulho de quem se considera dono da verdade e também revela grande insegurança. De sua posição inatingível, aquele que julga se comporta como soberano e crítico das ações alheias. Quem julga não analisa racionalmente, não busca aprender com o passado para melhorar o futuro. Não menos, os que mais julgam o passado de um povo para abomina-lo no presente são os mais ordinár

Você não odeia trabalhar. Você odeia o capitalismo.

A crítica a seguir não leva em conta uma perspectiva marxista sobre o capitalismo. Falaremos aqui apenas sobre a finalidade do trabalho dentro do sistema capitalista e o que o trabalho significa para o homem. Um dos indicadores de felicidade para o homem (no sentido masculino do termo) é a sua honra. O verdadeiro significado de honra não é boa conduta como comumente é pensado, mas é o respeito e a reputação que um homem conquista em uma sociedade ou grupo. Portanto, até um fora da lei pode ser honroso, visto que terá reputação e respeito dentro de seu grupo de criminosos. A honra é conquistada a partir dos atos e feitos do homem. Ele será conhecido pelas suas ações, visto que o nome de al

A verdade inconveniente sobre os atentados terroristas

Há um ponto que não está sendo levantado sobre a questão dos ataques terroristas na Europa. Desconhecido por alguns, ignorado propositalmente por outros, é o fator principal para que os atentados continuem ocorrendo e aumentando de número. Os terroristas que realizaram a maioria dos ataques na Europa não eram refugiados, nem imigrantes. Eram cidadãos europeus nascidos de filhos imigrantes. O que isso quer dizer? A raiz dos problemas está a partir da segunda metade do século XX, quando a imigração para a Europa ficou facilitada e diversos povos começaram a integrar o continente, tornando-o heterogêneo e mais diversificado popularmente. Com isso, famílias muçulmanas começaram a se estabelece

Sem conversa.

Numa era onde os debates e discursos são feitos sob as guias do eufemismo e da moderação, então não há justiça, pois não há verdade. A verdade não é mais trazida à luz, uma vez que se tem medo das consequências que isso pode acarretar na vida social. Foi assim que se distorceu e apagou-se os fatos, dando lugar a aquilo que é tudo, menos o real. Desta forma, não se faz mais nada, pois nada pode ser feito, aceitou-se o que é errado e abominável. “Pode-se cometer crimes, pois o autor é uma vítima social”; “Você não precisa ter um corpo saudável, pois é seu jeito ser assim”; “Você mostrou dados e fatos mostrando que tal grupo é violento? Preconceituoso!” - É assim que as discussões são feitas

© 2019 por Legião Identitária
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon